Página inicial » Polícia » Jorro - Motorista de ônibus atira em passageira e passeio acaba em tragédia

Jorro - Motorista de ônibus atira em passageira e passeio acaba em tragédia

Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
image O amigo com o autor dos disparos, Jackson, de camisa branca

Aproximadamente às 16h40 deste domingo (08), a Policia Civil foi informada por agentes da Guarda Municipal sobre um homicídio na Praça Antonio Carlos Magalhães, no distrito de Caldas do Jorro, em Tucano.

Segundo informações, Jackson Maia Conceição, com uma pistola 380, atirou à queima roupa  contra Edna de Jesus Andrade, 30 anos, natural de Cruz das Almas, que morreu na hora.

 

Segundo testemunhas, o assassino teria fugido e tomado a direção da cidade de Araci. De imediato, os agentes da Policia Civil acionaram a Polícia Militar, a CAEL e o apoio da Guarnição da 3ªCIPM/ Araci, que fez uma barreira na BR-116.

 

Jackson Maia Conceição, de 30 anos, (vulgo Galego), e Tiago Santos Martins, de 19 anos, foram presos pelos PMs Magnaldo e Jean quando tentavam fugir em um ônibus de turismo da Expresso Brasil, de placa policial KSY-0550, licença de Salvador.

 

As guarnições conseguiram interceptar o veículo nas proximidades do Povoado de Angico e capturar o elemento e a arma do crime, que havia sido jogada no sanitário do ônibus em que ele estava usando para fugir.

 

O crime

 

O ônibus saiu do bairro de Saramandaia, em Salvador, com destino á Caldas do Jorro, para uma excursão. O crime aconteceu no momento em que todos já estavam se preparando para o retorno à cidade de origem.

 

De acordo com informações de testemunhas, Edna de Jesus e o seu companheiro vinham procurando briga o tempo inteiro. Em determinado momento a vítima e a esposa do motorista se agrediram fisicamente. O companheiro de Edna tentou acertar Galego com um soco no rosto, mas este se livrou e pediu que seu amigo Tiago pegasse a arma. Em seguida, antes de tudo, efetuou um disparo no companheiro da vítima, mas não acertou.

 

O levantamento cadavérico foi realizado pelos agentes civis Maurílio e Davi, que encaminharam o corpo para o Hospital Mariana Penedo, de onde foi removido para o IML de Salvador, aonde a vitima residia.

 

As diligências para prender os acusados foram realizadas pelas guarnições da PM e CAEL, que agiram rapidamente para capturar os elementos. Os criminosos ficaram detidos na Cadeia de Tucano. Da redação, com informações de Gil Santos, Sgt PM Liberato e Tucanobr

 

 

Adicionar a: Add to your del.icio.us del.icio.us | Digg this story Digg
  • email Envie para um amigo
  • print Versão para impressão