DestaqueEsporte
Tendência

Thiago Carpini, técnico do Vitória, comenta sobre Mateus Gonçalves e antecipa saída de Léo Gamalho

O treinador concedeu entrevista após a vitória diante do Internacional.

Zagueiro comemora gol diante do Inter. Foto: Victor Ferreira/EC Vitória
Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

Neste domingo (16), após vencer o Internacional, pela 9ª rodada do Brasileirão Série A, no Barradão, Thiago Carpini, técnico do Vitória, comentou, em entrevista coletiva, sobre a situação Mateus Gonçalves, que deve ter um novo destino definido em breve. O Rubro-Negro, no entanto, ainda não oficializou a rescisão de contrato do jogador.

“A gente tem feito alguns ajustes no nosso ambiente. Aqui, o mais importante é a instituição. Não é a diretoria, não é o Carpini, não é quem saiu como comissão (técnica). O Vitória é o que fica, a instituição, o torcedor. Ninguém está acima desses pontos. Não que o Mateus tenha se colocado acima disso, mas algumas situações onde eu vejo o compromisso dos atletas, e estão dispostos a ajudar, eu prefiro ficar com quem entrega tudo. Eu entendi que o Mateus não seria de tamanha utilidade e talvez por não respeitar o processo nós priorizamos um bom ambiente. Um vestiário de respeito, de verdade, saudável. Disso eu não abro mão. Não que o Mateus não tenha esses atributos, mas precisamos tomar algumas decisões para que o todo seja preservado. Então, Mateus não faz mais parte do grupo do Vitória. Foi importante, foi pago para ajudar e ajudou. Vai ser muito feliz. Não aqui no Vitória”, afirmou.

Mateus Gonçalves chegou ao Vitória na temporada passada. Ele participou da campanha do título inédito da Série B em 2023 e da conquista do Campeonato Baiano deste ano. Em 2024, com a camisa rubro-negra, o atacante entrou em campo em 21 oportunidades, marcou três gols e ofereceu uma assistência.

Mais um de saída?!

Em outro momento da coletiva, Carpini também antecipou a informação da possível saída do atacante Léo Gamalho. Segundo o treinador, com base nas atuais características de jogo que ele observa, o jogador é uma das últimas opções disponíveis. Devido ao fato dele ter passado a maior parte do tempo lesionado sob sua direção, é improvável que essa situação se altere.

Foto: Victor Ferreira/EC Vitória
Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

“Léo Gamalho também deve estar também se desligando do clube. Não sei, não posso falar com propriedade. Este é um assunto institucional. Mas, dentro do que penso como características de jogo, a gente não pensa em aproveitá-lo neste momento. Até porque é um atleta que está no Departamento Médico, e poucas vezes esteve em campo comigo. Dentro da ideia de jogo, acaba ficando no fim da fila. Pode ser que isso mude ou não. A gente não tem uma decisão formada até porque o atleta ainda não reúne condições para estar com o grupo, mas no primeiro momento não penso em aproveitá-lo, concluiu.

Léo Gamalho, semelhante ao atacante Mateus Gonçalves, também fez parte do elenco que conquistou os dois últimos títulos pelo Vitória. No título da Série D, especialmente, ele foi peça muito importante na caminhada. Ao todo, foram 38 partidas disputadas pelo atleta com a camisa do Leão, somando 13 gols marcados e duas assistências.

Situação na tabela e próximo jogo

Com o resultado positivo diante do Internacional, o Vitória alcançou seis pontos na tabela, mas ainda permanece na lanterna, com a mesma pontuação de Grêmio, Criciúma e Fluminense. Na próxima rodada, o Rubro-Negro encara o Atlético-MG, quinta-feira (20) às 18h30, novamente no Barradão. Em seguida, a equipe baiana enfrenta o RB Bragantino, no domingo (23), às 18h30, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

(Foto: Victor Ferreira/EC Vitória)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo