História

Trabalhadores Sem-Terra chegam à Salvador e ocupam Rótula do Abacaxi

O trânsito está congestionado na ACM sentido Rótula, no Retiro, Cabula e Avenida San Martin. O tráfego também foi afetado durante a caminhada do grupo da BR-324 até Salvador, quando os Sem-Terra passaram por Campinas de Pirajá e Barros Reis.

Agentes da Transalvador e policiais militares das Rondas Especiais (Rondesp) acompanham o grupo. Os manifestantes têm reunião com representantes da Secretaria Estadual de Agricultura na tarde desta segunda para discutir a pauta de negociação, que inclui o assentamento de 25 mil famílias de Sem-Terra e melhorias no assentamento onde estão outras 10 mil famílias, que não tem estrutura, de acordo com Lúcia Barbosa, diretora estadual do MST.

O grupo vai passar a noite na Rótula do Abacaxi e segue para o Centro Administrativo da Bahia (CAB) nesta terça, onde vão protestar.

A marcha começou há oito dias e o grupo percorreu 108 km entre Feira de Santana e Salvador. A manifestação faz parte da jornada de lutas do MST “Abril Vermelho”, movimento que eles fazem todos os anos neste mês. Os Sem-Terra querem mais atenção do governo para a reforma agrária no País.

Além deste grupo que saiu de Feira, outros militantes do MST protestam pelo estado. Os militantes ocuparam na última quarta, 21, a fazenda Barrinha, da Veracel Celulose, em Eunápolis. Essa foi a 16ª ocupação no estado.

Com informações do A Tarde

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo