Blog

Jequié – Trabalhadores da educação fazem manifestação na porta de FM

A manifestação ocorreu logo após a entrevista do Prefeito Luiz Amaral ao Programa Jequié Urgente.

Na entrevista, Luiz Amaral reconheceu que a greve tem sido muito desgastante para ele e para a administração. Ele voltou a afirmar que o município não tem condições de conceder o reajuste.

A categoria reafirma a continuidade da greve por tempo indeterminado, até que o Prefeito reconheça a necessidade de valorizar os trabalhadores em educação, atendendo suas reivindicações, sobretudo, concedendo o reajuste salarial e dando condições dignas de trabalho.

Prefeito fala sobre o assunto em nota

A Prefeitura do Município de Jequié torna público à população que lamenta a continuidade da greve dos professores e demais trabalhadores em educação. Entende que não há motivo para a manutenção de tal movimento, uma vez que os professores recebem valor muito superior ao piso nacional estabelecido pelo Governo Federal.

Informa, também, que o aumento pretendido pelos professores é impossível de ser concedido, no momento, em razão de expressa proibição legal, o que pode ser constatado junto ao Tribunal de Contas dos Municípios. E lamenta que os professores venham se tornando irredutíveis, mantendo uma greve que tanto prejudica os alunos da rede municipal de ensino quanto traz apreensão a seus pais.

Ao mesmo tempo apela para o bom senso, com o imediato retorno às salas de aula, a fim de evitar maior prejuízo à população, já que a reposição das aulas deverá ser feita no período de férias.

Uma vez os professores não retornando a seus postos de trabalho, não restará à Prefeitura alternativa outra senão recorrer à adoção de medidas que garantam o funcionamento normal de todas as escolas do Município.

Informações da Ascom/Sindicato e Jequié Notícias

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo