Blog

Advogado e militante petista itabunense morre envenenado na Argentina

Apesar das poucas informações disponibilizadas sobre o ocorrido, sabe-se, até agora, que Kleber foi envenenado.

Há suspeitas de que Kleber Luiz tenha sido assassinado. Autoridades policiais daquele país determinaram que o corpo permaneça retido até que as investigações avancem.

Militante-símbolo do PT itabunense, Kleber Leitão foi o comandante da Guarda Municipal no primeiro governo de Geraldo Simões, de 1993 a 1996.

Nesse período ainda cursava Direito na Uesc e servia na Polícia Militar, onde era aspirante a tenente e sofreu perseguições do carlismo por fazer parte do governo petista. Preferiu ficar no governo e deixou a PM.

Professor da Uefs, Kleber Leitão estava na Argentina fazendo mais um mestrado. Era defensor de um sistema penitenciário mais humano e produtivo, entre outras bandeiras que sempre empunhou.

Uefs divulga nota de pesar

Devido à morte do professor Kleber Luiz, a Uefs (Universidade Estadual de Feira de Santana) divulgou hoje, segunda-feira (2), uma nota de pesar no seu site oficial. Leia:

A comunidade da Uefs lamenta a morte do professor Kleber Luiz da Costa Leitão, do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas (DCIS), ocorrida sexta-feira (30/7), na Argentina. A família ainda não informou sobre a data e o local de sepultamento.

Com informações do Blog Trombone e Ascom/Uefs

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo