Justiça

Prefeitos de municípios do sertão baiano cobram por segurança ao Estado

Os gestores, que fazem parte da Associação dos Prefeitos do Sertão Baiano (APSB), solicitaram aumento do efetivo policial nas cidades, viaturas novas, módulos nas rodovias e reformas das delegacias.

Além disso, os alcaides pediram o fim dos custeios com a manutenção das polícias na cidade. A principal queixa dos administradores é a de que essas despesas sobrecarregam as prefeituras, que vivem exclusivamente da receita do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Já o secretário admitiu ser um “erro” bancar esses custos e orientou que cada município formalize um pedido ao Estado para que assuma essas despesas. O chefe da pasta se comprometeu ainda a tomar as providências para resolver os problemas de cada município.

O presidente da APSB, e prefeito de Coronel João Sá, Carlos Augusto Sobral, explicou que o tráfico de drogas e os assaltos a bancos são os principais problemas enfrentados atualmente.

Ele afirmou também que a região encontra-se em uma área muito vulnerável por conta da divisa com estados de Sergipe, Pernambuco e Alagoas, onde o policiamento seria maior e mais ostensivo. Informações do Bahia Notícias.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo