Política & Economia

Municipios do oeste vão criar 60 cadeiras para novos vereadores; extremo sul vai atrás

O destaque é para o municipio de Barreiras, que, com 137.428 habitantes (censo 2010), terá um aumento de 72,7%, passando de 11 para 19 vereadores, já garantido através da emenda 008/2011 à Lei Orgânica, aprovada em 31 de março deste ano.

Segundo o presidente da Mesa Diretora do Legislativo barreirense, Antônio Rodrigues de Souza, a Câmara recebe por mês da Prefeitura uma média de R$ 450 mil e o salário de cada vereador é de R$ 6 mil.

Ele revela sua preocupação para a próxima legislatura, já que além de aumentar o número de vereadores, estes terão o salário reajustado para R$ 10 mil, (vereadores de municípios acima de 100 mil habitantes, recebem 50% do salário de um deputado estadual). Serão R$ 190 mil/mês só para salários de vereadores.

Embora esta seja uma preocupação da maioria das Câmaras e Vereadores, a tendência é que todas votem pelo aumento do número de vereadores até o teto permitido.

Extremo sul

Na região extremo sul do Estado o aumento de cadeiras à vereança ocorrerá nos municípios de Eunápolis (de 10 para 17), Teixeira de Freitas (11 pra 17), Itamaraju (de 10 e para 15), Itabela (9 para 11), Mucuri (de 9 a 13 vagas), Porto Seguro (11 vagas para 17) e Guaratinga (de 9 para 11).

Em Eunápolis já houve a aprovação do dispositivo, porém não ficou definido ainda se o orçamento continuará o mesmo. Em 2011, o repasse da Prefeitura, o duodécimo da Casa, foi de R$ 363 mil e para o ano que vem não há previsão ainda de aumento, informa o presidente da Casa, Ubaldo Suzart Gomes (PRTB). “Vamos ver aí como vai ficar”, declarou.

Em Porto Seguro a segunda votação que prevê a mudança ocorrerá até a próxima terça-feira e não há previsão de aumento do orçamento para abrigar os novos parlamentares e assessores.

Sobre o orçamento previsto, o presidente da Câmara de Itabela, Lúcio França (DEM), disse que está com medo de que haja redução. “Se tiver, vamos ter de nos adequar”, afirmou.

Em outros municípios da região, como Belmonte (9 vereadores), Vereda (9 vagas), Caravelas (11 parlamentares), Nova Viçosa (13 vagas), Medeiros Neto (9), Ibirapuã (9) e Lajedão (9), não haverá modificação nas vagas dos parlamentos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo