Esporte

Bragantino rouba a 4ª vaga do Vitória e Sport e Goiás encostam; veja tudo da ‘B’

A rodada sacramentou matematicamente o titulo da Portuguesa, que somou 72 pontos após empatar com o Sport em 2 a 2. Enquanto isso, a equipe pernambucana foi a 52 pontos, mantendo vivas as esperanças de subir para a elite em 2012. Outro jogo de definição foi Náutico 2 x1 Grêmio-SP, que deixou o Timbu com 62 pontos e praticamente garantido na elite.

No jogo entre Criciúma 1 x 1 Ponte Preta, outra definição: Agora com 59 pontos, a Ponte depende apenas de uma vitória para sacramentar a sua volta à Serie A no próximo ano. Quanto ao Criciúma, foi a 51 pontos e perdeu uma boa oportunidade de se melhorar na tabela.  

O empate entre Americana e Vitória por 0 a 0 foi melhor para o rubro-negro, mas, no geral, não pôde ser considerado tão bom assim. Embora tenha quase tirado as esperanças do time paulista, os baianos viram o Bragantino ultrapassá-los e Sport e Goiás encostarem.

O Bragantino, que derrotou o Salgueiro fora da casa por 1 a 0, pulou para 55 pontos e assumiu a 4ª colocação no campeonato, por isso é dono de 4ª vaga temporariamente.

O mais inacreditável é a recuperação do Goiás, que até outro dia lutava contra o rebaixamento e agora passa a sonhar com uma vaga para a Série A em 2012. A vitória nesta terça-feira, por 1 a 0, frente ao São Caetano, deixa a equipe com 51 pontos e em condições de brigar pela vaga restante.

Mata-mata na próxima rodada

Com o campeonato chegando ao fim, algumas equipes já sabem o que tem que fazer na antepenúltima rodada da Serie B, que começa na próxima sexta-feira (11). Para aumentar a emoção, alguns cruzamentos importantes irão acontecer, o que apressará a definição de algumas coisas.

O Vitória, por exemplo, enfrenta em casa o Criciúma, um concorrente direto na luta pela única vaga que resta. Outro cruzamento importante vai acontecer entre Bragantino e Goiás. Se vencer, o time de Bragança Paulista elimina as chances da equipe goiana e vai a 58 pontos. Faltando dois jogos teoricamente fáceis, esta equipe se credenciaria para ficar com a vaga.

Outro mata-mata vai acontecer entre Sport e Americana, em Recife. Quem perder elimina qualquer possibilidade de sonhar com a vaga. A tendência é dar Sport, que passaria para 55 pontos, pondo pressão sobre os seus concorrentes nas duas últimas rodadas. Que para o Sport são dois jogos teoricamente fáceis.

Predomínio paulista

Um detalhe que precisa ser observado é que, até agora, o estado de São Paulo tem a Portuguesa garantida na elite, a Ponte Preta quase, e briga bonito com o Bragantino (Americana corre por fora) para roubar a terceira vaga. Do Nordeste, apenas o Náutico está garantido e o Vitória e Sport lutam para ficar com a última vaga.

Pela tendência, pode subir três de São Paulo (Portuguesa, Ponte Preta e Bragantino) e um de Pernambuco (Náutico); ou dois de São Paulo (Portuguesa e Ponte Preta), um de Pernambuco (Náutico) e um da Bahia (Vitória); ou dois de São Paulo (Portuguesa e Ponte Preta), um de Pernambuco (Náutico) e outro da Bahia (Vitória) ou Goiás (Goiás) ou Santa Catarina (Criciúma). 

Além de estar bem na parte de cima, São Paulo não vai ter ninguém rebaixado este ano. O único que pode contrariar estes dados é o São Caetano, que tem 44 pontos e ainda precisa somar de um a  três para ficar livre. A rodada desta terça oficializou as quedas de Duque de Caxias, Salgueiro e Vila Nova-GO. Assim, a disputa pela última vaga negativa está mais entre Icasa (Ceará) e ASA (Alagoas), com 43 e 42 pontos respectivamente.

Classificação dos melhores
1º – Portuguesa             – 72 pontos
2º – Náutico                   – 62 pontos
3º – Ponte Preta            – 59 pontos
4º – Bragantino             – 55 pontos
5º – Vitória                    – 54 pontos
6º – Americana             – 53 pontos
7º – Sport                      – 52 pontos

8º – Goiás                     – 51 pontos

9º – Criciúma                – 51 pontos

Clique no link e veja na matéria os jogos que faltam das equipes que brigam para subir. 

 http://www.osvaldom3.sg-host.com//p_esporte/18029.html

Por Evandro Matos

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo