História

Feira: Colegas de profissão lamentam a morte da jornalista Cida Machado

Cida Machado, como era conhecida, teve marcante participação no jornalismo feirense. Ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas de Feira de Santana, atuou em rádio, televisão, impresso e site, além de ter sido secretária de Comunicação Social no governo de Claiton Mascarenhas e fundadora do bloco infantil Zerinho.

Colega de profissão e amigo pessoal de Cida Machado, o deputado estadual e radialista Carlos Geilson afirma que ela era uma pessoa comunicativa, muito alegre e que construiu uma brilhante carreira na cidade. “Uma figura ímpar e exemplo de humildade. Que Deus possa confortar neste momento de dor as pessoas que a amavam, principalmente os dois filhos, Osmar Júnior e Vítor, que estiveram ao lado da mãe em todos os momentos”, frisou.

O radialista Jorge Teles diz que Cida sempre se dedicou a fazer o bem. “Uma pessoa querida, que tinha grande amor pela profissão, pela vida, pelo Bloco Zerinho… É lamentável perder uma colega dessa maneira trágica. Vimos o drama que ela passou, a insistência pela vida e o meu desejo agora é que Deus a coloque em um bom lugar”, afirmou.

“Convivi com Cida por mais de 30 anos. Trabalhamos juntos no Jornal da Bahia, no jornalismo de Feira de Santana em várias oportunidades, já brigamos e brincamos para caramba! Lamento muito a morte dela, mas acredito que foi o melhor, porque estava sendo muito castigada pela doença”, completou o fotojornalista Reginaldo Tracajá.

O falecimento de Cida foi lamentado também pelo arcebispo metropolitano de Feira de Santana, Dom Itamar Vian, durante a Procissão do Senhor Morto. “Que Nossa Senhora acolha essa pessoa que tanto amava a Feira de Santana. Que Nossa Senhora Aparecida a receba em seus braços no céu”.

A doença de Cida  foi descoberta em maio de 2011. Ela fez um tratamento de 6 meses no Hospital de Câncer de Barretos, em São Paulo,  retornou para Feira de Santana no último mês e ficou internada no Hospital Dom Pedro de Alcântara. O velório acontece na capela do Hospital e o enterro está marcado para às 11 horas deste sábado (7), no cemitério Jardim Celestial. 

Assessoria de Comunicação do Dep. Carlos Geilson (Foto: Divulgação).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo