Economia

Grupo A Tarde vai trocar de comando; netos do fundador já brigam pelo poder

Prestes a completar 100 anos, em agosto próximo, a empresária enfrenta graves problemas de saúde. Uma assembleia extraordinária foi convocada para o dia 18 de abril a fim de dar posse provisória ao superintendente Renato Simões como presidente do grupo até a realização de nova eleição da diretoria.

A expectativa é que a alteração no comando do grupo seja o primeiro passo para importantes mudanças na empresa de comunicação, que completa 100 anos no dia 15 de outubro, enfrentando problemas de caixa e amargando a segunda posição no mercado baiano após mais de 95 anos na liderança.

O grupo A Tarde já teria até contratado um CEO para dar início ao projeto de recuperação e reposicionamento do jornal no mercado.

O afastamento dos netos do fundador do grupo, Ernesto Simões Filho, que travam uma batalha entre eles pelo poder, também é uma das apostas, mas acredita-se que isso possa demorar mais um pouco, apesar desta ter sido uma recomendação das consultorias que passaram pelo jornal.

O objetivo seria a profissionalização da empresa, único caminho para evitar a falência deste que é um dos mais importantes jornais do País.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo