Economia

Seca: Ministério reconhece estado de emergência em mais 05 cidades da BA

Agora, estes municípios também devem receber recursos por conta da estiagem. Em todo o Brasil, 33 cidades tiveram situação de emergência por conta da seca decretada por portarias publicadas no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (20), enquanto dois municípios no Amazonas estão em emergência por conta de enchentes e inundações.

Em março, o número de cidades enfrentando problemas por conta da seca no semiárido baiano subiu para 159 municípios – em abril, o número chegou a 199. O levantamento foi feito pela Coordenação Estadual de Defesa Civil (Cordec). 

O estado com maior número de cidades atingidas este ano é a Bahia, onde 199 municípios declararam emergência pela estiagem, que já é considerada a mais severa dos últimos 30 anos. Ao todo, 165 municípios já tiveram os decretos reconhecidos pelo governo federal, que liberou R$ 10 milhões para ações emergenciais no Estado. 

Cerca de 2,3 milhões de pessoas estão em áreas atingidas. No Rio Grande do Norte, há 139 municípios em estado de emergência. No Piauí, a situação também é considerada grave: 82 municípios já tem decretos de emergência homologados. Em Pernambuco são 19 municípios e em Sergipe cresceu para 17 o número de cidades atingidas.

Confira a lista das novas cidades em estado de emergência no país:

Sergipe – Canindé do São Francisco, Carira, Frei Paulo, Cararu, Graccho Cardoso,Itabi, Monte Alegre de Sergipe, Nossa Senhora Aparecida,Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora de Lourdes, Pedra Mole, Pinhão, Poço Redondo,Poço Verde, Porto da Folha,São Miguel do Aleixo, Tobias Barreto e Tomar do Gerú, todos em decorrência da seca.

Bahia – Boa Vista do Tupim, Bonito, Lajedinho, Seabra e Tapirámuta (estiagem).

Piauí – Betânia do Piauí, Caldeirão Grande do Piauí, Caridade do Piauí, Coronel José Dias, Dirceu Arcoverde, Pajeú do Piauí, Patos do Piauí e Santo Antônio de Lisboa (estiagem).

Rio Grande do Norte – Jucurutu (estiagem).

Amazonas – Atalaia do Norte e Lábrea (enchentes e inundações graduais).

Informações do Correio (Foto ilustração, de Pedro Oliveira: homem carrega água em Candeal-BA) 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo