Saúde

Riachão: Internado em estado grave no HGE, Betuca recebe primeira visita hoje

Neste domingo (06) a ex-esposa de Betuca, Miriam, que está em Salvador juntamente com os filhos, falou por telefone com o músico Itamar Carneiro da Silva, vocalista e proprietário da Banda Visual, cujo ônibus a vítima já dirigiu e ainda prestava serviços esporádicos.

Miriam informou a Itamar que Betuca tem reagido bem e pergunta sempre pelos filhos. Por conta disso, nesta segunda-feira os médicos autorizaram a primeira visita, e já ficou definido que será o filho Aldemir o primeiro a visitá-lo.

Como foi

Betuca foi vítima de um ato criminoso praticado pelo seu próprio ex-cunhado, conhecido por Cristiano. Segundo as informações, ele chegou à residência de sua filha Aldmira, no Loteamento São José, onde estava residindo, por volta das 22 horas de sábado.

Quando estava no hall da casa, o seu ex-cunhado chegou de forma surpreendente por uma escada, se aproximando da vítima. De acordo com as informações, ele teria jogado gasolina no corpo de Betuca e ateado fogo, provocando a tragédia. Depois, Cristiano teria fugido em um carro que deixara próximo ao local. 

Betuca foi socorrido pela própria filha, que estava dentro de casa e percebeu as fortes chamas avançarem contra o imóvel, que atingiram, inclusive, a porta da frente. Segundo Itamar, que esteve no local no domingo, “o hall da casa ficou todo preto e a porta da frente estava toda queimada”.

A vítima foi levada para o Hospital Municipal de Riachão, mas logo foi transferida para o HGE, em Salvador. Segundo algumas pessoas que viram, apenas na parte acima do pescoço não foi atingida com gravidade. “Foi muito triste, ele se queimou bastante”, disse uma testemunha.

Cirurgia

Ainda segundo as informações, Betuca passou por uma delicada e longa cirurgia durante a madrugada deste domingo. Durante o dia, após receber ligações de algumas pessoas, a filha demonstrou tranquilidade e informou que o pai estava reagindo bem. “Consegui falar com ele e me disse que as dores tinham aliviado mais e que estava se sentindo melhor”, disse a filha.

Causas

Não se sabe o motivo da atitude tão violenta por parte do ex-cunhado, principalmente por se tratar de uma pessoa que só tem feito o bem e com muitos amigos em Riachão.

Segundo apurou a reportagem do Interior da Bahia, os dois tinham um caminhão em sociedade e que, nos últimos dias, houve um estremecimento na relação comercial entre eles, o que poderia ter motivado tamanha violência.

Betuca é filho Manoel Inácio da Silva, popular Benzinho, ex-maestro da Filarmônica Lyra 8 de Setembro, já falecido. Além de motorista, Betuca é funcionário licenciado da Prefeitura de Riachão do Jacuípe.  

Da redação

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo