Blog

Riachão: Professores estaduais e alunos fazem manifesto pelas ruas da cidade

Os professores e alunos protestaram contra o descumprimento do Acordo Coletivo por parte do governador Jaques Wagner, alegando que o mesmo sequer permite o diálogo para que se encontre uma solução viável para avançar nas negociações.

Já faz mais de um mês que os professores estão em greve. Eles cobram o percentual de investimento adequado em educação, de no mínimo 7%, visando melhoria das escolas públicas e da própria categoria.

O agravante é que o ano letivo está praticamente comprometido, deixando muitos alunos desesperados. Por isso, tanto em Riachão quanto em outras cidades, eles também encampam o movimento, cobrando solução por parte do governo do Estado.

Com o apoio dos alunos, os professores buscam fortalecer a luta pela melhoria da qualidade na educação púbica e valorização do professor. Agora, com vários dias fora da sala de aula, os alunos terão que correr contra o tempo quando acontecer a reposição das aulas.

Para Gabriel (Biel), professor de História, nenhum funcionário tem estímulo para exercer sua função se for mal remunerado. ’’Ninguém está exigindo valores impossíveis de serem pagos, mas queremos a nossa valorização’’, pontuou.

Os professores questionaram também a transparência do governo em relação à aplicação dos recursos do FUNDEB, a publicidade exagerada e a falta de diálogo com o Sindicato (APLB).

Por Noroel Fernandez

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo