Educação & Cultura

Riachão: Em show histórico, Del Feliz mostra em Festival de Cultura porque é um dos maiores forrozeiros da Bahia

O sentimento é de que “quem não foi, perdeu”. Neste sábado, o forrozeiro Del Feliz mostrou para o público que compareceu ao Clube de Campo Mandacaru porque é considerado atualmente um dos maiores artistas da música junina na Bahia.  

Com uma performance impressionante e um repertório muito bem selecionado, Del Feliz estava em uma noite inspiradíssima. Além disso, à vontade, ele fez uma interação com o público o tempo inteiro, mostrando também o seu carisma e prestigio na região.  

O forrozeiro, que é filho do Distrito de Barreiros, subiu ao palco por volta de 1 hora da manhã. Sem cansar o público, ele fez um show de mais de 2 horas, encerrando também em um horário satisfatório.  

Show superou as expectativas  

Apesar das chuvas que caíram antes e durante o show, a presença do público foi satisfatória, principalmente pela animação. A festa começou com a banda Forró Muido da Mulestha, que também saiu do palco deixando uma boa impressão.  

Já durante o show de Del Feliz, os comentários tranquilizavam os organizadores. “Uma festa dessas não acontece todos os dias. Eu já era fã dele e agora sou mais ainda”, disse Roque Santiago, admirador do forrozeiro.  

“Foi tudo dentro do que se esperava um artista pontual, com um repertório rico e afinadíssimo com o seu grupo e o público. Com este show, ele mostrou, mais uma vez, porque é um dos maiores forrozeiros da Bahia da atualidade”, disse Dr. Fred, um dos organizadores do evento.  

“Vocês estão de parabéns. O Festival de Cultura encerra com muito brilhantismo, principalmente por este show tão bonito”, revelou Raimundo Romário (Mundinho OK), empolgado com o show.   

“Lindo, muito lindo. Dancei muito e me empolguei ainda mais com o repertório. Ele está de parabéns”, disse a jovem Fabricia, da comissão organizadora, No final do show o artista foi cercado para uma sessão de fotos e autógrafos e ainda distribuiu vários CDs para os fãs.   

Da redação

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo