DestaquePolícia

Quase 50 mil mulheres foram assassinadas no Brasil entre os anos de 2012 a 2022

Em pesquisa divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), foi constatado que, entre os anos de 2012 e 2022, pelo menos 48.289 mulheres foram mortas no Brasil.

A pesquisa, conhecida popularmente como Atlas da Violência é um importante documento que compila diversas informações acerca da violência no país. Entre estes dados está o de que a Bahia possui 7 cidades entre as 10 mais violentas do Brasil.

Segundo o documento, apenas em 2022 foram 3.806 mulheres assassinadas. O documento ainda diz que, no mesmo período, 221.240 mulheres foram vítimas de agressão, sendo 144.285 destas no âmbito familiar, configurando quadro de violência doméstica.

Além disso, a mesma pesquisa afirma que, entre meninas de 10 a 14 anos, a taxa de violência sexual era de 49,6%, ou seja, praticamente uma a cada duas meninas desta faixa etária que foram violentadas foram vítimas deste tipo de violência. Entre as meninas na faixa etária entre 0 e 9 anos, essa porcentagem é de 30,4%.

Bahia Notícias/Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo