DestaqueEducação & Cultura

Gilberto Gil recebe título de doutor honoris causa no Cariri com programação cultural

A comenda será entregue a Gilberto Gil como forma de destacar as contribuições do baiano à cidadania cultural no País / (Foto: Mauro Pimentel /AFP)

O cantor e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil recebe nesta quarta-feira (10), no Centro Cultural do Cariri Sérvulo Esmeraldo, o título de ‘doutor honoris causa’ pela Universidade Regional do Cariri (URCA). Junto da cerimônia, que terá a presença do artista, a titulação prevê uma programação cultural gratuita que inclui show de Bem Gil, filho do homenageado, e apresentações de grupos de tradição.

A comenda será entregue a Gilberto Gil como forma de destacar as contribuições do baiano à cidadania cultural no País, tanto pela presença nas artes quanto nas políticas públicas. A solenidade de outorga ocorre a partir das 18 horas e é aberta ao público e gratuita, sujeita à lotação do espaço.

Antes da cerimônia oficial, estão programadas apresentações de grupos de tradição cearenses, a partir de 17h30. Participam do momento o Reisado de Congo do Mestre Aldenir, o Reisado de Caretas do Mestre Antonio Luiz, o Coco dos Souza da Mestra Maria Tiê e a Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto.

sessão solene, além da presença de Gil, terá participação da Camerata de Violões da Vila da Música Monsenhor Ágio Augusto Moreira, do Coral da Escola Estadual de Ensino Profissionalizante Governador Virgílio Távora, da Orquestra de Acordeões Sanfonas do Nordeste, do músico Ranier Oliveira e da instrumentista Sidália Maria.

Compõem o momento, também, o governador Elmano de Freitas, o Conselho Universitário, o reitor da URCA, Professor Carlos Kleber Nascimento de Oliveira, e a Vice-Reitora, Professora Maria do Socorro Vieira Lopes.

SHOW MUSICAL EM HOMENAGEM

A partir das 20h30, após o momento oficial, um show em homenagem a Gilberto Gil, com repertório composto por músicas compostas pelo baiano, será apresentado por Bem Gil — filho do artista — e a banda Fogo Eterno. O conjunto é formado por Moreno Veloso, Mãeana, Guigga e Luíza Britto.

Além da programação ligada diretamente à entrega do título, o Centro Cultural do Cariri acolhe exposição com obras conectadas à musicalidade de Gilberto Gil a partir da quinta-feira (11). “Debaixo do Barro do Chão”, com curadoria do ex-secretário da Cultura do Ceará Fabiano Piúba.

Serão apresentadas peças construídas a partir da música “De onde vem o baião”, lançada nos anos 1990 por Gil. A mostra é composta por obras de Corrinha Mão na Massa (Missão Velha), da Mestra Fanca e das Irmãs Cândido (Juazeiro do Norte) e do Mestre Jaime (Barbalha), além de registros fotográficos e depoimentos em vídeo.

Há menos de um mês, em 18 de junho, o baiano recebeu a mesma titulação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Já em 2023, o artista foi homenageado com a comenda na Universidade Nova de Lisboa, em Portugal.

(Escrito por João Gabriel Tréz, joao.gabriel@svm.com.br /Estadão)

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo