Justiça

P. Seguro: STF concede liminar e Edésio deve ser solto nas próximas horas

Preso desde março deste ano, na sede da Polinter, em Salvador, o ex-secretário de Governo de Porto Seguro, Edésio Ferreira Lima Dantas, acusado de mandar matar dois professores filiados ao Sindicato dos Professores do município, deve ser solto ainda nesta quinta-feira (28).

O ministro Napoleão Maia, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu liminar para o habeas-corpus impetrado em seu favor pelo advogado Maurício Vasconcelos.

A morte dos professores causou comoção e protestos no município do sul do estado. Um grupo de professores chegou a se reunir com o secretário de Segurança Pública, César Nunes, para cobrar providências sobre o caso.

Informações do Bahia Notícias

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo