Blog

Ocupação na Uneb termina após acordo com os estudantes em Jacobina

O intuito da reunião era discutir as questões postas pelos alunos residentes na casa. No fim da reunião, que ocorreu na última segunda-feira (13), foi elaborado um documento em que as partes interessadas se comprometeram em cumprir as reivindicações.

Entre as propostas do documento, ficou entendido que as partes (universidade e alunos) reivindicariam juntos a compra ou a possível doação de um terreno para a construção da de uma República Estudantil na cidade.

Em nota enviada ao Interior da Bahia, os estudantes avisaram que as atividades nos Campus seriam retomadas normalmente após o entendimento. Em carta de agradecimento divulgada pelo movimento, lamentaram todo o ocorrido, julgando-o, no entanto, necessário. “Gostaríamos de externar para todos que não é para nós nem um pouco prazeroso vermos o Campus IV com seus portões fechados”.  “É angustiante para nós. Estamos muito tristes e lamentamos muito toda essa situação”, pondera.

“No entanto, não é do nosso interesse que as coisas ocorressem dessa forma, mas sim que essa situação, diga-se, nem um pouco agradável, fosse, ou melhor, que seja resolvida o mais rápido possível”, completa.

Situação dramática

“A estrutura física da república está substancialmente comprometida, com várias goteiras, além de a rede elétrica, constantemente, ocasionar curtos-circuitos. Não podemos voltar para lá. A cada chuva que ocorre as estruturas se comprometem mais e mais”.

Solução

“Queremos, todavia, a participação efetiva da direção do Campus para, conforme combinado, procurarmos, diariamente, uma casa que atenda as exigências da UNEB e que comporte a demanda hoje existente. Agradecemos a todos o apoio”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo