Política & Economia

MP pede cassação do governador de Roraima, do vice, do senador Romero Jucá, e da sua ex-mulher; seguranças do governador recebem a PF à bala

A Procuradoria Regional Eleitoral em Roraima pediu a cassação do mandato do governador reeleito José de Anchieta Jr. (PSDB), de seu vice, do senador reeleito Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado, e de sua ex-muler, Teresa Jucá, eleita deputada federal.

A ação se baseia em apreensões de R$ 180 mil, durante a campanha, que seriam “ligados” a esses políticos. A quantia de R$ 100 mil teria sido jogada pela janela de um carro do empresário e colaborador Amarildo da Rocha Freitas, irmão do deputado federal Urzeni Rocha (PSDB-RR).

Em depoimento, Freitas afirmou que recebeu um envelope das mãos de Jucá momentos antes de ser abordado pela polícia, sem saber que se tratava de dinheiro.

Em outra apreensão, a Polícia Federal reteve R$ 80 mil com um colaborador do senador, que viajava de carro no interior de Roraima. Informações de Claudio Humberto.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo