Esporte

Marcelo Guimarães consegue efeito suspensivo e volta a presidir o Bahia

O desembargador Gesivaldo Nascimento Britto (o mesmo que cassou a liminar impetrada pela oposição tricolor no ano passado), do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, concedeu um efeito suspensivo sobre a decisão do juiz Paulo Albiani, que havia divulgado sentença que destituía a diretoria tricolor na última quarta-feira (14).

“Agora está tudo de volta ao normal. Vamos tomar pé da situação. Quero saber como estão as coisas dentro do clube. Eu já liguei para Sede de Praia pedindo que se tivesse alguém estranho lá para informar da decisão para continuarmos nosso trabalho”, disse Marcelo Guimarães Filho, em entrevista à TV Itapoan, na tarde desta sexta-feira.

A informação foi confirmada pelo vice-presidente jurídico do Tricolor, Ademir Ismerim, pelo Twitter. “Acabou a agonia liminar do Bahia deferida MGF volta a Presidência. BBMP”, escreveu o advogado, que protocolou a ação contra a decisão do juiz Paulo Albiani. Informações do Correio. 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo