Polícia

Operação prende dupla de traficantes com crack e dinheiro em Cícero Dantas

Ambos integram a quadrilha de Carlos Antônio dos Santos Silva, o “Quinho Zarolho”, 27, preso em abril deste ano, por crime de receptação.

Com a dupla de traficantes foram apreendidos 270 papelotes de crack, R$730,00 em espécie e equipamentos eletrônicos avaliados em R$ 5 mil, adquiridos com dinheiro do tráfico. Parte dos equipamentos foi trocada por drogas.

Companheira de Quinho Zarolho, Maria Espingarda declarou, no depoimento, que destinaria o dinheiro do tráfico a um advogado, o qual teria lhe cobrado R$ 8 mil para defender o companheiro. Ela repassava a droga para Jam, recebendo R$200,00 por cada papelote vendido, contendo 28 pedras de crack. 

Durante o interrogatório na delegacia, o celular de Jam tocava insistentemente, tendo os policiais suspeitado que as ligações eram  de usuários, encomendando droga. Fazendo-se passar pelo criminoso, um investigador fez contato com alguns clientes de Jam, tendo os conduzido posteriormente à unidade policial, onde foram ouvidos e liberados.  

De acordo com o delegado Ozório Miguel de Souza Ramos, titular  da Delegacia Territorial (DT) de Cícero Dantas,  mesmo estando preso, “Quinho Zarolho” instruía  Jeílda, através de ligações feitas clandestinamente por um celular, que lhe fora cedido por um traficante, já transferido para o presídio de Simões Filho. O delegado vai solicitar o rastreamento das ligações.

Informações da Ascom/PC

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo