História

Riachão – Carro capota e mata primo de ex-prefeito; vítima já foi velada por engano em outro acidente que sofrera

João Matos da Silva viajava com destino a Serra Preta e capotou o veiculo que dirigia. Este foi o terceiro acidente de carro sofrido pela vitima durante a sua vida, embora alguns sustentem que foi o quarto.

Em janeiro deste ano, João Matos foi vitima de um fato inusitado. Depois de saber de um acidente no Posto Carreteiro, na chegada de Riachão, ele se deslocou até o local para ver o acontecido. Chegando ao local, foi atropelado por um veiculo, causando várias fraturas nas suas pernas.

Segundo informações, levado para o hospital, João precisou amputar uma das pernas. Após se recuperar, decidiu comprar um carro com o dinheiro do seguro (do acidente). Com apenas uma perna, tinha natural dificuldade para dirigir, o que acabou lhe custando a própria vida.

João era filho da senhora Anisia Matos e João de Sabino (já falecido) e sobrinho do senhor Antônio Marcolino de Matos, pai do ex-prefeito Valfredo Matos. Ele foi enterrado na manhã desta segunda-feira, a partir das 9 horas, no cemitério de Riachão do Jacuípe.

Caso pitoresco

Mas João Peru também já foi vítima de outra cena pitoresca com um acidente automobilístico que sofreu em meados da década de 1990. O acidente aconteceu em Minas Gerais e lhe deixou fortes seqüelas.  À época, ele dirigia um caminhão.

Ocorre que o caminhão despencou de uma ponte e João e o ajudante foram dados como mortos. Com a notícia, o proprietário da carreta, de Conceição do Coité, embarcou para Minas para resolver as pendências. Chegando lá, constatou que o ajudante havia morrido e João sofrera ferimentos graves, inclusive na cabeça, mas estava vivo.

Em Riachão do Jacuipe, onde residia, chegou a noticia da morte de João. Com isso, os familiares chegaram a fazer o velório para esperar o corpo e encomendaram uma cova no cemitério. Somente algumas horas depois, com novas informações chegadas de Minas Gerais, a família tomou conhecimento de que João estava vivo.  E acabou se recuperando.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo